Headquarter: Chemical Industry Park, Economic Development Zone,  JiNan City,  ShanDong Province, China.

Phone +86-152 8958 7728

Angela@BlueSkytcca.com

Sai a certificação do motor do novo avião ATR 42-600S, o PW127XT-L, pelas autoridades canadenses – AEROIN

A fabricante de motores Pratt & Whitney Canada e a de aeronaves regionais ATR Aircraft anunciaram hoje, 11 de outubro, que obtiveram a certificação do motor PW127XT-L pela autoridade de aviação civil do Canadá (TCCA – Transport Canada Civil Aviation).
A nova variante de motor oferece maior desempenho para atender aos requisitos da futura versão de decolagem e pouso curto dos turboélices ATR, o ATR 42-600S (“S” em referência a STOL, sigla em inglês para pouso e decolagem curtos).
Esta certificação é um marco fundamental no desenvolvimento do programa e um passo importante para aumentar a conectividade regional e a acessibilidade aos aeroportos em todo o mundo, afirma a fabricante aeronáutica franco-italiana.
O ATR 42-600S reduzirá as distâncias de decolagem e pouso para apenas 800 metros em condições de voo padrão. Assim, será capaz de operar em cerca de 1.000 aeroportos com pistas curtas em todo o mundo que hoje não recebem voos de aeronaves desse porte, proporcionando às populações locais um acesso maior, mais rápido, mais confortável e com baixas emissões à economia global, aos cuidados de saúde, à educação e à cultura, criando, ao mesmo tempo, novas oportunidades de negócio para as companhias aéreas.
Edward Hoskin, vice-presidente de engenharia da Pratt & Whitney Canadá, disse:
“O PW127XT-L marca a 200ª certificação de tipo de motor alcançada pela Pratt & Whitney Canadá e oferece custos de manutenção 20% mais baixos, tempo sem ser removido da asa 40% melhorado, 3% melhor eficiência de combustível e redução de emissões de CO2, que caracterizam a série de motores PW127XT.”
Daniel Cuchet, vice-presidente sênior de engenharia da ATR, disse:
“Esta certificação é um marco significativo para o programa ATR 42-600S, pois as modificações nos motores fazem parte das principais mudanças técnicas que estamos trazendo para a aeronave, além do leme e da aviônica, com enorme influência no desempenho de decolagem.
O PW127XT-L oferece a mesma estrutura que o PW127XT-M existente, mas o Controle Eletrônico do Motor foi adaptado para oferecer melhor versatilidade e maior desempenho. Esta grande conquista é uma recompensa após muitos meses de trabalho árduo e colaboração constante entre as equipes da ATR e da Pratt & Whitney Canadá.”
A validação da modificação do motor pela Agência da União Europeia para a Segurança da Aviação (EASA) está prevista para antes do final do ano. A integração do motor modificado com os demais sistemas da aeronave se tornará o foco principal do ATR no futuro, visando a entrada em serviço em 2025.
A ATR já recebeu mais de 20 compromissos para o ATR 42-600S e vê muito potencial para esta variante de aeronave em diversas regiões do globo, incluindo a Europa, com Portugal, Grécia, Islândia, Itália e Noruega como principais áreas de interesse.

Explore
Fique Conectado

Copyright © AEROIN – 2009 – 2022 – Todos os Direitos Reservados

source

Leave a Reply

Your email address will not be published.

*